LATAM TRADE

Nosso canal exclusivo de informação ao agente de viagem.
Parcelamento

Resolução da IATA (890): Emissão de passagens por meio de pagamento com Cartão de Crédito

Em decorrência a alguns alertas que vêm ocorrendo regularmente, gostaríamos de comunicar que existe uma resolução da IATA (890), a qual rege que as agências não podem usar seu próprio cartão e nem cartão pré-pago para pagamento de passagens.

A resolução explícita em contrato foi reforçada pelo próprio IATA e ABEAR no dia 02/12/16, de acordo com o indicado no abaixo:

 

O cartão Hipercard na versão Corporate não é aceito.

Cartões da bandeira ELO não são aceitos.

Os cartões Hipercard antigos (sem chip) possuem 6 dígitos adicionais acima do número do cartão.

Os cartões Hipercard novos (com chip) não possuem estes 6 dígitos.

Cartões aceitos:

American Express, Diners, Hipercard, Mastercard e Visa.

Cartões com chip e com senha também são aceitos.

Os cartões empresariais SOMENTE para pagamento à vista.

Parcelamento

O parcelamento poderá ser realizado com pagamentos via Cartão de Crédito.

 

 

Parcelamento estendido

O passageiro pode optar por parcelar em um número de parcelas superior a 04 vezes, havendo incidência de juros sobre todas as parcelas.

  • A taxa de juros cobrada será de 1,99% ao mês e a parcela mínima é de R$35,00.

Com essa modalidade de pagamento, o passageiro possui mais opções para adquirir o seu bilhete e tem mais oportunidades para viajar, pois conta com maior flexibilidade na hora da compra, adaptando a opção de parcelamento ao seu orçamento.

Reembolso

No caso de reembolso, a devolução dos juros sempre será proporcional ao valor utilizado do bilhete, ou seja, no caso de reembolso total do bilhete, os juros cobrados serão reembolsados integralmente, desde que o bilhete ainda esteja dentro da validade. Para reembolso parcial, os juros cobrados serão reembolsados considerando-se o rateio do valor de juros para cada trecho, desde que o bilhete esteja dentro da validade.

Remarcação

Em caso de remarcação do bilhete, os juros não farão parte do cálculo para cobrança ou devolução da diferença de tarifa.

TAM Itaucard

Clientes TAM Itaucard podem realizar o pagamento em até 10x sem juros.

Regulamento e informações extras
A partir do mês de julho alguns procedimentos referente a forma de pagamento com cartão de crédito sofrerão alteração:
  • Não será possível a regularização através de nova autorização/CCCF para ALs emitidas a partir de 01/07/2017 pela LATAM Brasil.
  • A partir do dia 01/07/2017 a Latam Brasil não efetuará alteração de forma de pagamento. Ex: alteração de número de cartão, alteração de parcelado para á vista, entre outros.
  • A partir do dia 15/07 as dúvidas sobre AL deverão ser direcionadas para: grp_operacioncc_br@latam.com (para ALs com contato de Claudio Almeida), ou para tamchargebacks@accelya.com, nos casos de outros contatos.
  • As vendas com cartão de crédito para voos LA ‘puro’ obedecem a mesma política de parcelamento de voos JJ;
  • Voos JJ* operados pela LAN também podem ser parcelados;
  •  Voos LA ‘puro’ também podem ser parcelados em até 10x sem juros com o cartão de crédito TAM emitido no Brasil – TAM ITAUCARD;
  • As vendas realizadas fora do Brasil devem respeitar a regra local;
  • O valor de cada parcela deverá ser igual ou superior a BRL 35,00. Caso as parcelas sejam inferiores a este valor, deve-se diminuir a quantidade de parcelas;
  • Valores em USD serão convertidos em BRL ao câmbio do dia da emissão;
  • Quando não há tarifa publicada no trecho, a venda não poderá ser realizada;
  • Os pagamentos efetuados fora do Brasil não podem ser parcelados;
  • Nas reemissões, a taxa deve ser cobrada à vista e a diferença de tarifa cobrada posteriormente para que possa ser parcelada. Se tanto a taxa quanto a tarifa forem selecionadas juntas, o sistema não permitirá o parcelamento;
  • Off Line é o trecho voado por outra companhia aérea, em prosseguimento ao trecho voado com a TAM. Os voos JJ* também são considerados trechos off line. Caso o maior segmento da reserva seja operado por uma empresa parceira off line ou JJ*, o parcelamento não é permitido.