LATAM TRADE

Nosso canal exclusivo de informação ao agente de viagem.
Penalização: Uso indevido de acordo

A política descrita neste documento visa preservar o nosso comprometimento e transparência com todas as partes envolvidas nos acordos do tipo Corporativos e Operadora. Informamos que a utilização indevida de benefícios atrelados a esses produtos será passível de penalizações.

Bilhetes emitidos utilizando código de acordo corporativo para passageiros que não pertençam à empresa detentora do acordo são considerados irregulares.

O acordo operadora tem utilização restrita à associação da parte terrestre, não podendo ser vendido avulso (somente o aéreo).

Bilhetes emitidos de forma irregular serão passíveis de notificações, penalidades e eventual desligamento da condição de acordo com as etapas descritas abaixo:

Primeira ocorrência

- A agência receberá, além de uma notificação, uma AL/ADM indicando o valor a ser ressarcido, que corresponderá à diferença entre o valor pago e um bilhete full fare;

- O cliente envolvido deverá ser notificado pela agência sobre o ocorrido.

Segunda ocorrência

- A agência receberá, além de uma notificação, uma AL/ADM indicando o valor a ser ressarcido, que corresponderá à diferença entre o valor pago e um bilhete full fare;

- A agência receberá multa no valor de 3X (três vezes) o montante da AL/ADM;

- O cliente envolvido será notificado diretamente pelo Grupo LATAM sobre o ocorrido.

Terceira ocorrência

- A agência receberá, além de uma notificação, uma AL/ADM indicando o valor a ser ressarcido, que corresponderá à diferença entre o valor pago e um bilhete full fare;

- A agência receberá multa no valor de 3X (três vezes) o montante da AL/ADM;

- As condições do contrato serão descarregadas do OFFICE ID/PCC da agência;

- O cliente envolvido será notificado diretamente pelo Grupo LATAM sobre o ocorrido.

Caso persistam dúvidas, contate seu executivo de contas.